Quinta-Feira, 31 de Julho de 2014
Governo estuda proposta para parcelamento do DPVAT de motocicletas

Na tentativa de diminuir a inadimplência com relação ao pagamento do seguro obrigatório (DPVAT), o Governo do Estado, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí, estuda a viabilidade do parcelamento do DPVAT para motocicletas.

 

Pelas regras atuais, os proprietários de motos pagam de uma única vez a taxa do seguro. No valor de R$279,27, mais da metade do valor pago para automóveis, o DPVAT representa o maior peso na regularização da moto.

 

A proposta de decreto legislativo federal já foi encaminhada para o Ministério da Fazenda e, em âmbito piauiense, o governo analisa qual seria a melhor forma de proceder a esse parcelamento.

 

“A questão do trânsito é uma meta prioritária e, diante da crescente frota de veículos, em especial motos, é nossa preocupação manter essa frota regularizada e apta a rodar sem problema. No momento estamos estudando a adequação da proposta à realidade do Piauí e creio que em breve o parcelamento do DPVAT para motos já será uma realidade no Estado”, afirmou Wilson Martins.

 

De acordo com dados do Detran, a frota de motocicletas representa quase metade de toda a frota de veículos do Estado. No Piauí, dos 679 mil veículos existentes, 327 mil são motocicletas. “Essa é uma iniciativa muito interessante por parte do Governo Estadual, que pretende estimular a adimplência facilitando para o cidadão a quitação do licenciamento de sua moto e contribuindo para um trânsito mais seguro”, ressaltou Jose Vasconcelos, diretor geral do Detran-PI.

Consultas
Serviços
DETRAN-PI - Departamento Estadual de Trânsito - Governo do Estado do Piauí
Teresina (PI), Avenida Gil Martins, 2000, Bairro Redenção. Cep: 64.017-870 | Fone/Fax: 3216-2800/316-2806
www.detran.pi.gov.br | detran@detran.pi.gov.br